Premiação dos Trabalhos

Os três melhores trabalhos serão premiados.

1lugarCarl Wernicke nasceu em 1848 e faleceu em 1905, aos 56 anos. Na sua curta vida Wernicke produziu muito. Foi professor de neuropsiquiatria em Berlin e Breslau. Tinha um temperamento forte e fez várias contribuições importantes à neuropsicologia. Entre as quais podem ser citadas a descoberta da encefalopatia de Wernicke, observada em alcoolistas e que decorre da carência de tiamina. Foi o autor da tese de doutorado mais famosa de toda a história da medicina, na qual descreveu o tipo de afasia que leva seu nome, formulou um dos modelos mais influentes dos mecanismos cognitivos envolvidos nas afasias e previu a existência de uma forma de afasia até então desconhecida e posteriormente observada clinicamente, a afasia de condução. Na minha opinião, Wernicke e não Broca foi o verdadeiro fundador da neuropsicologia, tal como a praticamos atualmente. O método e os modelos de correlação anátomo-clinica que usamos até hoje em neuropsicologia foram desenvolvidos por Wernicke. Suas concepções anátomo-clinicas, baseadas no modelo localizacionista-associacionista anteciparam muitos desenvolvimentos recentes tais como o localizacionismo distribuído proposto a partir dos modelos conexionistas e estudos de neuroimagem funcional (Leia mais sobre isto em Gage & Hickok, 2005). Wernicke foi também o autor que mais influenciou seus contemporâneos e as gerações subsequentes. Ecos do pensamento de Wernicke podem ser encontrados em autores como Joseph Jules Dejerine (1849-1917, alexias), Ludwig Lichtheim (1845-1928, afasias), Heinrich Lissauer (1861-1991, agnosias), Hugo Karl Liepmann (1863-1925), Kurt Goldstein (1878-1965), Karl Kleist (1879-1960). Sua influência é percebida ainda hoje através da escola fundada por Norman Geschwind.

2lugarNorman Geschwind (1926-1984) foi um professor de neurologia em Harvard que desempenhou um papel importantíssimo na redescoberta da neuropsicologia após quase cinquenta anos de antilocalizacionismo e behaviorismo. A neuropsicologia andava esquecida nos países anglofônicos. Simplesmente tinha saído de moda. Geschwind realizou um trabalho muito minucioso de redescoberta e revisão da literatura neuropsicológica clássica principalmente dos autores influenciados pelas concepções de Carl Wernicke, segundo as quais, as conexões entre diversas áreas corticais e subcorticais geograficamente dispersas são cruciais para a integração da atividade cerebral em processos psicológicos organizados e adaptativos. A partir desta revisão Geschwind formulou o conceito de síndromes de desconexão, o qual foi comprovado através de inúmeras observações anátomo-clinicas de pacientes. Recentemente as ideias de Geschwind e de outros autores clássicos da escola de Wernicke têm sido corroboradas através dos modernos métodos de neuroimagem da substância branca (Catani & ffytche, 2005, Catani et al., 2012). Alguns neuropsicológos contemporâneos muito eminentes foram influenciados por Norman Geschwind, tais como D. Frank Benson (1928-1996), Antõnio Damásio e M. M. Mesulam. A doutrina de Geschwind sobre localização cerebral foi exposta em dois artigos publicados na revista Brain em 1965 (“Disconnection syndromes in animals and man”, Geschwind, 1965a,b), tendo sido atualizada para as concepções contemporâneas de localizacionismo distribuído por Mesulam (1998).

3lugar

Alexander Romanovitch Luria (1902-1977) foi uma espécie de outsider influente da neuropsicologia. Desenvolveu sua carreira de forma quase isolada do mundo civilizado na Rússia Soviética. Na época em que ainda tínhamos ilusões sobre o comunismo, isto era um charme adicional. Apesar ou por causa disto o impacto do seu trabalho se fazia e ainda se faz sentir no Ocidente. Muitos neuropsicólogos brasileiros, inclusive eu, descobriram que existia um negócio chamado neuropsicologia lendo o livro “Fundamentos de neuropsicologia” (“The working brain”), apresentado pelos Profs. Antônio Branco Lefèvre (1916-1981) e Beatriz Helena Lefèvre (Luria, 1981). Luria foi um neuropsicólogo originalíssimo que conduzia cada exame neuropsicológico como um verdadeiro experimento, um processo de testagem de hipóteses construídas iterativamente a partir da história clinica e das observações sucessivas do paciente. A maioria das suas técnicas de exame era de natureza qualitativa e construída ad hoc, a partir das hipóteses formuladas conforme a necessidade de cada caso. Luria antecipou também diversos conceitos contemporâneos, tais como a noção de sistema funcional. Na concepção de Luria cada processo psicológico era implementado pelo trabalho integrado de múltiplas áreas cerebrais, muitas vezes geograficamente dispersas, as quais funcionavam de forma concertada. Luria realizou uma síntese de suas concepões sobre localização cerebral das funções psicológicas em dois artigos publicados na revista PNAS em 1973 (Luria, 1973a,b).

Referências

Catani M, ffytche DH. The rises and falls of disconnection syndromes. Brain. 2005 Oct;128(Pt 10):2224-39.

Catani M, Dell’acqua F, Bizzi A, Forkel SJ, Williams SC, Simmons A, Murphy DG, Thiebaut de Schotten M. Beyond cortical localization in clinico-anatomical correlation. Cortex. 2012 Nov-Dec;48(10):1262-87.

Gage N, Hickok G. Multiregional cell assemblies, temporal binding and the representation of conceptual knowledge in cortex: a modern theory by a “classical” neurologist, Carl Wernicke. Cortex. 2005 Dec;41(6):823-32.

Geschwind N. Disconnexion syndromes in animals and man. I. Brain. 1965a Jun;88(2):237-94

Geschwind N. Disconnexion syndromes in animals and man. II. Brain. 1965b Sep;88(3):585-644. Review. PubMed PMID: 5318824.

Luria AR. Neuropsychological studies in the USSR. A review. I. Proc Natl Acad Sci U S A. 1973a Mar;70(3):959-64.

Luria AR. Neuropsychological studies in the USSR. A review (part II). Proc Natl Acad Sci U S A. 1973b Apr;70(4):1278-83. Review. PubMed PMID: 4577796; PubMed
Central PMCID: PMC433475.

Luria, A. R. (1981). Fundamentos de neuropsicologia. Rio de Jandeiro/São Paulo: Livros Técnicos e Científicos/EDUSP.

Mesulam MM. From sensation to cognition. Brain. 1998 Jun;121 ( Pt 6):1013-52.

Anúncios